sexta-feira, fevereiro 17

Capítulo 0 Prefácio

TEORIA DOS UNIFÓTONS

Leia o resumo desta teoria

0 - Prefácio

Quais as características de uma teoria do tudo?

0 – 1-  Definição De Ideia Primária
. Ideia primária é cada resultado do processamento das sensações.
.... Como resultado das sensações temos as ideias de quente, de escuro, ...

0 – 2 – Definição De Conceito
. Conceito é toda ideia derivada de outra(s).
.... Aquecimento é ideia derivada da ideia primária de quente. Logo é um conceito.
.... Escurecimento é ideia derivada da ideia primária de escuro. Logo é um conceito.

0 – 3 - Definição De Definição
. Definição é a determinação de uma ideia de forma exclusiva a partir de outra(s).
.... No sentido que definimos ideia primária ela não pode resultar do processamento de outros objetos que não sejam as sensações.

0 – 4 – Definição De Dedução
. Dedução é a determinação de uma ideia, que se torna necessária a partir de outra(s)
.... João é homem. Todo homem é mortal. Logo João é mortal.

0 – 5 - Definição De Propriedade
. Propriedade é um caso particular de um conjunto de conceitos.
.... Forma esférica é um caso particular das formas; logo é uma propriedade.
 
0 – 6 - Definição De Ente
. Ente é algo caracterizado por propriedades.
.... Os corpos são entes, pois, entre outras propriedades, são caracterizados pela forma.

0  – 7 - Definição De Interação
. Interação entre entes é quando um (uns) ente(s) altera(m) propriedade(s) de outro(s).
.... Se um corpo altera a velocidade de outro então eles estão interagindo.

0 – 8 - Definição De Conceitos Interdependentes
. Conceitos interdependentes são os ligados através de definições, e/ou de deduções.
.... Os conceitos da geometria de Euclides são interdependentes; pois interligados por definições e por deduções.

0 – 9 - Definição De Teoria
. Teoria é um conjunto de conceitos interdependentes.
.... Exemplos: teoria celular, atômica, da relatividade.

0 – 10 - Definição De Conceitos Naturais
. Conceitos naturais são os relativos e decorrentes das interações.
.... A intensidade do som ouvido é conceito natural, pois depende da interação entre uma fonte sonora e um ouvido. A intensidade do som ouvido cai com a distância da fonte dele até o observador.
.... O tamanho das coisas vistas é conceito natural, pois depende da interação entre um objeto e um olho. O tamanho das coisas vistas cai com a distância delas até nossos olhos.
.... A cor de um objeto é propriedade natural dele, pois a luz que ele reflete depende da que recebe. Se ele reflete apenas o verde e o amarelo; ele será verde quando iluminado com luz verde, e será amarelo quando iluminado com luz amarela. E quando não iluminado com estas cores não apresentará cor.

0 - 11 – Definição De Conceito Matemático
. Conceito matemático é o não decorrente de interações entre entes.
.... O conceito de reta é matemático, pois não decorre de interações entre entes.
.... Apresentar três lados é propriedade matemática dos triângulos; pois a apresentação destes independe de interações entre entes.

0 – 12 - Definição De Generalidade De Um Conceito
. Generalidade de um conceito é o número de situações a que ele se aplica em deduções.
.... O conceito de força como causa do movimento de um corpo é menos geral do que o conceito de força como agente de alteração do movimento de um corpo. O primeiro funciona quando não se considera a força como grandeza vetorial e não se considera as forças opostas a um movimento como tais. Se não considero o atrito como força, então para manter um corpo que move contra o atrito devo fazer uma força para equilibrá-lo. Só enquanto exerço força em uma mesa ela move.
Já o segundo funciona quando considero força como grandeza vetorial. Que forças entre os entes constituintes de um corpo não alteram seu movimento. E considero como força a toda ação que quando exclusiva ou resultante sobre um corpo e, não entre seus constituintes, altere o seu movimento de forma proporcional à sua intensidade e inversamente proporcional à massa do corpo em que atua, e segundo a sua direção. Assim, quando a resultante de forças sobre um corpo for nula o movimento ou o repouso dele será mantido.  Em uma superfície plana e lisa não há necessidade de força para manter o movimento de um corpo.
.......................
0 – 13 - Definição De Generalidade De Uma Teoria
. Uma teoria é mais geral quando utiliza conceitos mais gerais.
.... A teoria que utiliza o conceito de força como causa de alteração do movimento de um corpo é mais geral do que a que utiliza o conceito de força como agente do movimento de um corpo.

0  – 14 - Definição De Basicidade De Conceitos
. Um conceito que decorre de outro(s) é menos básico que este(s).
.... Um quadrado é um retângulo de lados iguais. O conceito de quadrado decorre do de retângulo, logo este é mais básico.

0 – 15 – Conceitos De Propriedades Naturais São Menos Básicos Do Que Os De Propriedades Matemáticas.
.. Sem propriedades matemáticas não há entes, pois estes são definidos através destas; e sem entes não há propriedades naturais; pois entes é que as possuem.
.. As propriedades naturais decorrem das matemáticas; logo são menos básicas.
.... O movimento de um corpo depende de outro, pois é relativo; logo o movimento é propriedade natural de um corpo. Mas as propriedades que definem um corpo são matemáticas. Como a propriedade natural (o movimento) depende do corpo que move e este de suas propriedades matemáticas, então os conceitos de propriedades naturais são menos básicos do que os de propriedades matemáticas. 

0 – 16 – Definição De Teoria Matemática
. Uma teoria é matemática quando não envolve interações.
.... A geometria euclidiana é uma matemática, pois não envolve interações.

0 – 17 - Definição De Teoria Natural
. Teoria natural é a que apresenta conceitos naturais.
.... A teoria da gravitação de Newton é uma natural, pois utiliza conceitos relacionados à interação entre massas.

0 – 18 – Os Conceitos De Teoria Matemática Não Derivam De Teoria Natural.
.. Como os conceitos matemáticos não derivam de interações; então eles não derivam de teoria natural.
.... O conceito de massa é apenas natural, pois só faz sentido ao se tratar de interações entre entes.

0 – 19 – Definição De Aplicação Prática De Uma Teoria.
. Aplicação prática de uma teoria é o seu uso na estruturação teórica que envolve interações.
.... As teorias naturais são as que apresentam aplicação prática, pois utilizam conceitos naturais.
.... A teoria da gravitação de Newton trata da interação entre massas. Esta é sua aplicação prática.

0 – 20 - As Teorias Menos Aplicáveis São Substituídas Por Outras Mais Aplicáveis
.. A aplicação prática é a função das teorias naturais, logo as mais aplicáveis são preferíveis.
.... A teoria da força como causa da aceleração substituiu a de força como causa de movimento; pois a primeira é mais aplicável.

0 – 21 – Definição De Conceito Natural Correspondente A Outro Matemático.
.. Do processo de interação entre entes matemáticos derivamos conceitos naturais.
.. Das interações derivamos de conceitos matemáticos os correspondentes naturais.
.... Os objetos distantes são vistos menores. Mandam luz para uma menor região do olho. Mandam menos energia para o olho. O tamanho dos objetos que é conceito matemático se torna a do objeto observável como conceito natural.
. Um conceito natural é correspondente a outro matemático se derivado deste por causa de interação entre entes.

0 – 22 – Conceitos Correspondentes São Distintos
.. Conceitos correspondentes são diferentes, pois um é afetado por interações e o outro não. Um é natural e o outro matemático.
.. Conceitos correspondentes são diferentes e então distintos.
.... O conceito de tamanho das coisas dado pela visão é variante, pois depende da distância do objeto ao olho; já o tamanho das coisas, que não estão interagindo, é invariante. E estes são conceitos correspondentes.

0 – 23 – Conceitos Correspondentes Não Se Excluem.
.. Conceitos correspondentes são distintos e daí não se excluírem.
.... O espaço absoluto de teoria matemática não exclui o espaço relativo de teoria natural, pois o espaço absoluto e o relativo são correspondentes.

0 – 24 - Uma Teoria Pode Conter Conceitos Correspondentes.
.. De uma teoria matemática pode-se definir entes que interagem.
.. De interações é possível obter conceitos naturais.
.. Logo uma teoria pode conter conceitos correspondentes.
.... Unifótons são entes definidos matematicamente e que interagem, logo a teoria dos unifótons apresenta conceitos correspondentes.

0 – 25 – Definição De Teoria Natural-matemática.
. Uma teoria é natural-matemática quando apresenta conceitos correspondentes.
.... A teoria dos unifótons é natural-matemática, pois apresenta o conceito de espaço absoluto e seu correspondente o de espaço relativo.

0 – 26 – Definição De Basicidade De Uma Teoria
. Uma teoria é mais básica quando utiliza conceitos mais básicos.
.... Os conceitos naturais podem derivar de outros matemáticos e não o contrário, logo teoria natural-matemáticas é mais básica do que as apenas naturais.
.... Como a teoria dos unifótons é natural-matemática, então ela é mais básica que teorias apenas naturais.

0 – 27 – Teoria Natural-matemática É Mais Geral Que Teoria Apenas Natural
.. De teoria natural-matemática pode se derivar os conceitos básicos de várias teorias naturais e assim as aplicações destas estão incluídas na natural-matemática que as possibilitam.
.... Da teoria dos unifótons pode se deduzir os conceitos naturais básicos das teorias da relatividade e da teoria quântica, logo a teoria dos unifótons é mais geral que estas.

0 – 28 - Somente O Reconhecimento Dos Conceitos Correspondentes Como Não Excludentes Possibilita O Surgimento De Teoria Mais Geral E Básica.
.. Reconhecendo os conceitos correspondentes como não excludentes é que se pode aceitar teoria natural-matemática.
.. Teoria natural-matemática é mais geral e básica que teorias somente naturais. 
.. Somente o reconhecimento dos conceitos correspondentes como não excludentes possibilita o surgimento de teoria mais geral e básica.
.... Somente aceitando os conceitos de espaço absoluto e de espaço relativo como conceitos correspondentes não excludentes é que se pode aceitar a teoria dos unifótons, que os contêm; e que é mais geral e básica que a teoria da relatividade, onde se utiliza o conceito de espaço relativo.

0 – 29 – Teorias Naturais Podem Não Ser Derivadas De Outras Também Naturais.
.. Das interações derivamos os conceitos naturais.
.. Interações distintas resultam em conceitos distintos.
.. Conceitos distintos pertencem a teorias distintas ou inconciliáveis.
.. Logo teorias naturais podem não ser derivadas de outras também naturais.
.... De uma teoria natural geral não se pode deduzir outra, pois resultantes de conceitos naturais distintos. Uma depende do conceito natural: a velocidade absoluta da luz; pois não se pode observar (processo de interação entre entes) a velocidade relativa da luz. Outra depende do conceito natural: ente onda-partícula; pois não se pode observar rigorosamente e simultaneamente os aspectos de onda e de partícula dos entes básicos da teoria quântica. Outra depende do conceito natural:  a massa gravitacional é equivalente a massa inercial. A medida de uma é também sempre a da outra.
.... Alguns físicos já percebem a incompatibilidade real das teorias gerais atuais. Veja esta posição em Criação Imperfeita de Marcelo Gleizer.

0 – 30 – Teorias Inconciliáveis Podem Derivar De Teoria Mais Geral E Básica.
.. De uma teoria natural-matemática podemos derivar outras inconciliáveis.
.... Veremos que as teorias naturais gerais atuais são deriváveis da teoria dos unifótons.
     
0 – 31 - Definição De Conceito Bizarro
. Conceito bizarro é o natural derivado de outro(s) matemático(s) e de caracterização oposta ao(s) matemático(s).
.... São conceitos bizarros: o de onda-partícula; o de tempo relativo, o de espaço relativo, o de velocidade absoluta da luz.
                                                                                                                                                                                          
0 – 32 - A Preferência Por Conceitos Bizarros
.. Os conceitos naturais são derivados de outros também naturais, exceto os bizarros.
.. Conceitos bizarros são naturais e básicos; pois quando inferidos só são de conceitos matemáticos.
.. O objetivo da ciência é a estruturação teórica dos conceitos naturais, ou seja, são as explicações.
.. A não explicação do conceito bizarro leva a exclusão do matemático correspondente, quando julgam erroneamente como incompatíveis os conceitos correspondentes. Temos preferência pelo observável; mesmo que incompatível com outro matemático; pois os bizarros são básicos para as explicações.
.... Preferimos o conceito de velocidade absoluta da luz por ser observável e explicar mais objetos teóricos que o inobservável conceito de velocidade relativa da luz.
.... A luz concentrada de um maçarico ofusca a nossa vista e assim a luz difusa do dia não nos é útil.
.... Os insetos ficam a girar em torno de uma lâmpada acesa durante a noite, mas com a luz do dia eles procuram outros caminhos. Uma teoria da qual inferíssemos as teorias naturais gerais atuais seria a luz do dia.

0 – 33 - Definição De Ente Elementar
. Ente elementar é o não formado por outros.
.... Um ponto é um ente elementar.

0 – 34 - Definição De Ente Constituído
. Ente constituído é o formado por outros.
.... Uma palavra é um ente constituído por letras.

0 – 35 - Definição De Teoria Plenamente Básica.
.. Uma teoria plenamente básica é natural-matemática, pois esta pode não ser derivada de outra mais básica; o que ocorre com as apenas naturais.
.. Os entes constituídos só podem ser explicados a partir dos constituintes.
.. As explicações decorrem fundamentalmente dos entes elementares, pois destes decorrem os outros e as interações entre entes e daí os conceitos naturais.
. Teoria plenamente básica é natural-matemática e apresenta entes elementares.
... A teoria dos unifótons é plenamente básica, pois define matematicamente os entes elementares nomeados como unifótons e das interações destes surgem conceitos naturais. Logo é natural-matemática.

0 – 36 - Definição De Teoria Ideal
. Teoria ideal é a plenamente básica e dela os conceitos naturais básicos são deriváveis.
.... A teoria dos unifótons é ideal.

0 – 37 -  Definição Do Objetivo Deste Trabalho
. O objetivo deste trabalho é apresentar uma teoria ideal: a dos unifótons.
.... A teoria dos unifótons visa realizar o sonho dos teóricos; explicar qualquer tipo de interações.  

0 – 38 - Forma De Desenvolvimento Deste Trabalho
.... Inicialmente postularemos e definiremos os entes verdadeiramente elementares: os unifótons. A partir deles explicaremos a formação e as propriedades das partículas e os princípios básicos da mecânica, da termodinâmica, da química, das teorias da relatividade e da quântica.

Veja uma versão nova da teoria dos unifótons, a teoria do tudo, no endereço www.osonhodeeinstein.blogspot.com

 Se preferir, leia no e-book, A Teoria do Tudo – O Sonho de Einstein, que você encontra, no endereço https://simplissimo.com.br/onsales/a-teoria-do-tudo/   e converse com o autor pelo e-mail unifoton@yahoo.com.br
Veja como são os unifótons no capítulo 1 ( A hipótese da Teoria dos Unifótons).





2 Comments:

At segunda-feira, outubro 20, 2014 12:05:00 AM, Blogger unifoton@yahoo.com.br said...

Este comentário foi removido pelo autor.

 
At segunda-feira, outubro 20, 2014 4:34:00 AM, Anonymous Anônimo said...

Pai você é d+

 

Postar um comentário

Faça seu comentário.

Links to this post:

Criar um link

<< Home